Blog do Bruno Voloch

Arquivo : julho 2013

José Roberto Guimarães define grupo para o Grand Prix; Natália e Tandara são cortadas
Comentários 29

Bruno Voloch

O técnico da seleção brasileira, José Roberto Guimarães, definiu as 14 jogadoras que representarão o Brasil no Grand Prix.

Dani Lins e Fabíola serão as levantadoras, Fabiana, Thaisa, Adenízia e Juciely as centrais, Fernanda Garay, Michelle, Priscila Daroit e Gabi ponteiras, Sheilla e Monique as opostas e Fabi e Camila Brait as líberos.

Natália, Tandara e Claudinha foram cortadas.

Natália será julgada por doping, Tandara está lesionada no ombro e Claudinha foi dispensada por questões técnicas.

O Brasil estreia na competição na próxima sexta-feira contra a Polônia em Campinas. Rússia e Estados Unidos completam o grupo da seleção na primeira fase.

A seleção não conquista o Grand Prix desde 2009. Os EUA são os atuais campeões.

 


Rio de Janeiro admite se desvincular do grupo EBX, de Eike Batista
Comentários 7

Bruno Voloch

O RJX continua lutando pela sobrevivência.

A crise porém é muito grave e os responsáveis pela criação do time já pensam em abrir mão do  nome Associação Desportiva RJX.

A ideia é desvincular o nome de Eike Batista dos negócios para tentar atrair novos investidores. O clube passaria a se chamar simplesmente Rio de Janeiro, sem o X, do grupo EBX.

O desespero pela manutenção do projeto é tão grande que os dirigentes fizeram um apelo e pediram ajuda ao Governo do Estado.

A notícia da renovação de Murilo no Sesi serviu como alívio. Jogador e clube estavam apalavrados, mas o RJX não tinha como cumprir o combinado.

Alguns integrantes da comissão técnica do time já foram dispensados.

Com o mercado praticamente fechado, Bruno e Leandro Vissoto, acordados com o clube, cobram uma definição.

 

 

negou ajuda recentemente.

 

 

 

 


Paulo Skaf exigiu renovação de Murilo no Sesi
Comentários 7

Bruno Voloch

A surpreendente renovação de Murilo no Sesi passou pelas mãos e foi uma exigência do presidente do clube, Paulo Skaf.

A decisão de Skaf de renovar com o jogador até 2015 foi de encontro a posição de Alexandre Pflug, diretor e Montanaro, gerente do Sesi. Ambos tinha alegado problemas financeiros para dispensar Murilo em abril.

Skaf e Murilo estiveram reunidos recentemente e o presidente do Sesi não tinha ciência dos motivos pelos quais Murilo havia sido dispensado. Assim que foi informado, pelo próprio jogador, Skaf ficou inconformado e exigiu a permanência do atleta.

Marcos Pacheco, técnico do Sesi, não foi consultado e recebeu apenas um comunicado dando conta de que passaria a contar com Murilo no elenco.

Com a decisão de Skaf, Pflug e Montanaro perdem força e Murilo reaparece com moral e ainda mais fortalecido.

 

 


O Vasco pode andar sem Juninho ?
Comentários 8

Bruno Voloch

Dois jogos, dois gols, duas vitórias e 100% de aproveitamento.

Assim tem sido o Vasco com a presença de Juninho em campo. Fluminense e Criciúma não resistiram. Como era de esperar, assim já tinha acontecido quando passou pelo Vasco na última vez, Juninho não irá atuar em todas as partidas e terá um trabalho diferenciado.

A intenção é preservar o jogador para o clássico de domingo contra o Botafogo no Maracanã. Faz sentido.

Será um ótimo teste e interessante saber como o Vasco vai se comportar sem a presença de Juninho em campo. Dorival Júni0r sabe que o time não pode depender somente dele.

 

 


Manda quem pode, obedece quem precisa
Comentários 25

Bruno Voloch

Peter Siemsen, Sandro Lima e Rodrigo Caetano perderam.

Prevaleceu, como era de se esperar, a vontade de Celso Barros e Luxemburgo acabou sendo contratado como novo técnico do Fluminense.

Nada mais justo, afinal foi respeitada a vontade de quem paga literalmente as contas.

O Fluminense não pode reclamar. Adotou esse sistema, vive assim não é de hoje e atualmente é claramente dependente da Unimed.

Ney Franco chegou a ser cotado, mas não foi aprovado por Celso Barros.

É uma política perigosa.

O trio formado por Peter Siemsen, Sandro Lima e Rodrigo Caetano pode dar seus pitacos, mas nada além disso.

Toda e qualquer decisão no futebol profissional do clube passa pelo crivo de Celso Barros. Assim foi e assim será.

Manda quem pode, obedece quem precisa.

 


A hora e a vez de Adryan
Comentários 22

Bruno Voloch

Adryan foi um dos responsáveis pela reação do Flamengo no clássico diante do Botafogo. O jogador substituiu Gabriel e em apenas 45 minutos mudou a maneira do time jogar.

Aos 18 anos, Adryan frequenta a equipe profissional desde 2011 quando Vanderlei Luxemburgo comandava o Flamengo. 27 jogos, apenas 2 gols e passagens com Joel Santana, Dorival Junior e Jorginho, o meia jamais conseguiu se firmar.

Sob comando de Mano Menezes a história não tem sido diferente.

O técnico sempre viu Adryan como uma boa opção no banco, mas nunca como titular.

O desempenho no segundo tempo contra o Botafogo pode começar a mudar o pensamento do treinador. Mas é pouco. Adryan precisa de sequência, confiança e acabar de vez com a fama de que só rende quando não começa jogando.

 


O silêncio e a insegurança no RJX
Comentários 14

Bruno Voloch

O  mês de Julho está terminando e o cenário não mudou no RJX, atual campeão brasileiro.

Oficialmente o clube ainda anunciou as renovações de Bruno, Thiago Alves e Mario Jr. Os 3 jogadores porém continuam apalavrados com José Inácio, coordenador do projeto.

Marcelo Fronckowiak, técnico do time, segue na expectativa.

Leandro Vissoto e Murilo são dados como certo, mas exigem garantias em termos financeiros.

A CBV nem pensa na hipótese de não contar com a participação do RJX na Superliga. Fato é que até agora a empresa ainda não encontrou parceiros que possam dividir os custos.


Martín Silva, goleiro do Olímpia, vira opção no Vasco
Comentários 16

Bruno Voloch

O Vasco continua atrás de reforços.

Contratar um goleiro virou prioridade em São Januário.

Vice-campeão da libertadores, Martín Silva, goleiro do Olímpia, é uma das opções.

Valorizado, o jogador dificilmente permanecerá no futebol paraguaio. O goleiro uruguaio está com 30 anos e financeiramente se enquadra a realidade do clube.

O Santos é outro clube brasileiro interessado na contratação de Martín Silva.


Luxemburgo de Celso ou Ney de Peter Siemsen
Comentários 22

Bruno Voloch

Celso Barros, presidente da Unimed, era a favor da demissão de Abel Braga. Dito e feito. O treinador acabou sendo dispensado após a quinta derrota seguida.

Nem todos no clube tinham a mesma opinião, mas prevaleceu a vontade de Celso.

O atual mandatário tricolor também diverge dos demais membros da diretoria em relação ao  substituto, inclusive o presidente, Peter Siemsen.

Celso simpatiza com Vanderlei Luxemburgo, Peter prefere Ney Franco.

Nas próximas horas o torcedor do Fluminense terá mais uma prova concreta de quem na realidade manda no futebol do clube.


Após passagem frustrante no vôlei de praia, Rodrigão ensaia retorno às quadras
Comentários 9

Bruno Voloch

Após passagem frustrante pelo vôlei de praia, Rodrigão ensaia retornar às quadras.

O jogador tentou criar um time em Santos mas não conseguiu parceiros e o projeto financeiramente não andou.

Diante desse cenário, Rodrigão se viu obrigado a procurar um time para atuar na Superliga 2013/14. O Minas aparece como um dos interessados.

Rodrigão está com 34 anos e zerado pelo ranking da CBV.

O central, tricampeão mundial pela seleção brasileira, andou pela Turquia e defendeu o Sesi na temporada 2011/12.